segunda-feira, 19 de junho de 2017

Morreu o Batman da minha infância



Adam West não foi o primeiro ator a interpretar o Batman nas telas, ele foi precedido por Lewis G Wilson em 1943 e por Robert Lowrey em 1949, mas com certeza ele interpretou uma das mais memoráveis encarnações do Homem-morcego.

Batizado como William West Anderson, foi já com seu nome artístico que Adam West vestiu pela primeira vez o manto do morcego em 1966, permanecendo no ar por 120 episódios até 1968. Muitos que vejam a serie hoje em dia podem classifica-la como tola, ou cômica, praticamente uma paródia do Batman que conhecemos e amamos. No entanto, essa é uma visão limitada, a série era muito próxima dos quadrinhos de sua época, quando essa mídia era focada mais no público infantil que no juvenil e adulto. Eram tempos de "Bangs" e "Splashs" estourando na tela da TV, uma primitiva alusão às onomatopeias dos quadrinhos, uma época mais inocente.

Apesar de ter ido ao ar por apenas 3 anos, foi provavelmente a série de super-heróis mais reprisada da história da TV, crianças da década de 60, 70, 80 e até inicios dos anos 90 puderam ter a chance de vê-la em reprises infindáveis no SBT. Sem falar do fato da série ter sido responsáveis por um dos maiores virais da internet brazuca, o infame "Feira da Fruta", que já rendeu até livro.

Adam West sofreu com a marca do Batman, tendo tido enormes dificuldades para conseguir outros papeis na TV. Chegou a fazer o Delegado da série de TV do Loucademia de Policia, que aqui era chamada Deloucacia de Policia, série que tem um icônico episódio onde ao final o personagem de Adam se vira para a câmera, quebrando a quarta parede, e diz: "Espero que tenham gostado do episódio de hoje, nos vemos semana quem vem, nesse mesmo bat-horário e nesse mesmo bat-canal", numa alusão aos finais narrados do seriado do Batman que o tornara famoso.

Hoje lamento a morte do Batman da minha infância, do Batman que me fez conhecer o conceito de super-herói, do Batman que me apresentou para o universo DC, onde só fui descobrir o mundo dos quadrinhos muitos anos mais tarde, mas Batman continua  sendo um de meus personagens favoritos, por isso obrigado Adam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário